Como escolher o cristal ideal?

Como escolher o cristal ideal?

Como escolher o cristal ideal?

Quando falamos em cristais, falamos em pedras de muitos tipos diferentes, com diferentes formatos e diferentes propriedades. E, se você está em busca de um cristal, sabe que com tantas opções, escolher um que pareça ser o ideal se torna um desafio. Apesar de não existir uma regra para escolher o melhor cristal, existem estratégias que podem ajudar nessa missão.

Uma dessas estratégias envolve um pouco de pesquisa. Se você está em busca de algo que atua em uma necessidade específica, o ideal é você pesquisar e descobrir qual é a pedra mais indicada para aquilo que você pretende trabalhar.

Você pode buscar um cristal para proteção ou para trabalhar um chakra específico, por exemplo. A questão aqui é que se você conhece as propriedades dos cristais que está buscando, a escolha poderá ser direcionada para um objetivo específico.

Quando o cristal escolhe você

Quem trabalha com cristais usa uma máxima que diz que não é você que escolhe o cristal, é ele que escolhe você. Isso se aplica a situações em que, de forma aparentemente inexplicável, você sente que determinado cristal é o ideal para você. Apesar de parecer coisa da sua intuição ou apenas uma sensação, essa ideia de que o cristal escolhe você é verdade e tem uma explicação bem simples.

Como a gente já falou em outros textos, os cristais têm um campo ao redor deles que funciona como se fosse uma rede virtual de energia. Essa energia se manifesta de acordo com a estrutura cristalina e molecular daquele cristal. O mesmo acontece com nós, seres humanos, que também temos um campo virtual, ou energético, em torno do nosso corpo.

Quando você pega um cristal na mão, entra em contato com o campo energético desse cristal e, então, ambos os campos – o seu e o do cristal – se entrelaçam. Assim, se seu corpo estiver com deficiência de algum mineral ou realmente necessitando da propriedade que está contida naquele cristal, você vai sentir que precisa levar aquele cristal para casa.

É como se seu corpo reagisse a isso e fizesse de tudo para que aquele cristal permaneça o maior tempo possível dentro do seu campo porque, certamente, aquele cristal lhe trará benefícios. É daí que vem a ideia de que o cristal escolheu você.

Nossa dica é que, independe da forma como você escolher seu cristal – se buscando pelas propriedades ou intuitivamente -, após a escolha você deve programá-lo para exercer a influência que você deseja para sua vida.

E se você quiser saber mais sobre esse assunto e conferir outras dicas de como escolher o melhor cristal para acompanhar sua vida, confira o vídeo feito pela Mayara Tavares, uma das sócias da Misfit. No vídeo ela fala um pouco mais sobre como essa escolha do cristal funciona e porque é uma boa ideia levar para casa um cristal que escolheu você.

Como escolher o cristal ideal?

Encontre seu cristal

Marca mineira de acessórios, a Misfit, desde 2012, transforma pedras brutas em sofisticadas joias handmade sem abrir mão do design inovador e do acabamento impecável. Comandada pelas sócias Mayara Tavares e Teca Guimarães, a joalheria é voltada para mulheres ousadas e de personalidade marcante, que “vestem” simbologias e sabem da força energética dos elementos da natureza. Ela utiliza essas ferramentas para levar influências positivas ao seu dia a dia, sentindo-se mais bela e poderosa.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos